Ser ou não ser Argentino?

16 05 2010

Com a Copa do Mundo de Futebol chegando, aquela velha rivalidade entre brasileiros e argentinos, inevitavelmente, ganha uma força maior. Essa disputa entre as duas nacionalidades sempre me pareceu uma grande bobagem, afinal, é indiscutível que somos melhores do que eles no futebol.

Contudo, em alguns aspectos, eles são incomparavelmente melhores do que nós e, se não ficássemos o tempo todo exaltando nossa superioridade no “circus turma”, talvez pudéssemos aprender algumas coisinhas com eles.

Por algum motivo as novelas brasileiras (tipo exportação) nunca mostraram um beijo gay. Lembro que há alguns anos houve uma grande polêmica sobre o possível primeiro beijo gay da TV na novela América e o resultado foi uma grande frustração. Ok, teve uns beijinhos entre duas gurias em uma novela, mas não dá pra considerar. Foram tão vazios, rápidos, sem emoção, sem sentimentos e, principalmente, sem trilha sonora.

Nossos hermanos, por outro lado, já deixaram essa fase há muito tempo. Este mês a novela “Botineras” exibiu uma cena de sexo entre dois homens que eu nem ousaria pensar em ver numa novela brasileira. Quando li a notícia, descobri que o primeiro beijo entre os personagens aconteceu há mais de dois meses. Isso já teria sido suficiente para me deixar impressionado, mas, para minha surpresa, vi que beijos gays já fazem parte das novelas Argentinas desde 2003! E, para mostrar que não é só na ficção que os homossexuais estão sendo tratados com igualdade, em dezembro foi realizado o primeiro casamento gay do país. Ainda não há uma lei definitiva para que todos os homossexuais do país possam se casar, mas o projeto já foi aprovado pelos deputados e está a um passo de colocar a Argentina no seleto grupo de países onde todos os cidadãos têm direitos iguais.

Enquanto isso, no Brasil, um certo reality show fez o país levantar a bandeira do machismo e da homofobia, bater bem forte no peito e gritar bem alto o quanto se orgulha disso! Nunca antes a expressão “we have bananas” fez tanto sentido!

Anúncios

Ações

Information

5 responses

16 05 2010
Rany

Aqui a hipocrisia é tão forte que ao invés de levantarmos bandeiras, colocamos a questão em pauta para simplesmente lucrar em cima de sensacionalismos… haja civilização pra jogar o Brasil pra frente nestas questões…

19 05 2010
luci

ai, adorei o post! nessa epoca louca de futebol, as pessoas poderiam ler o que eh realmente importante, hein! nao sabia disso. todo mundo aqui na franca pena que o brasil eh O pais do sexo e tudo eh liberado. liberado meu ovo, neh? liberado se for bem escondidinho, porque voce sabe o quanto nosso povo eh puro e catolico. oh, povo santo!

11 06 2010
diego

O povo brasileiro gosta achar que as coisas aqui estão piores em todas as circunstancias. Se estas cenas de sexo quase explicito ocorressem na televisão brasileira já estariam jogando todas as pedras nela. Se não ocorrem dizem que somos atrasados porque ainda não temos um beijo gay. A televisão bem que tentou emplacar um beijo gay, mas a sociedade sempre rejeitou. Mas as coisas já mudaram. EM 1997 foi transmitida a novela Torre de Babel que possuia um casal de lesbica. A rejeição as personagens foi tão forte que o autor Silvio de Abreu teve que matá-las na explosão do shopping. Isto é relamente uma temática muito difícil no brasil, haja visto que somos um páis tradicionalmente religioso. A religião permeia toda as instancias de nossa vida. É cultural, e tudo que é cultural é difícil de ser eliminado. Mas a Argentina também possui seus preconceitos, uma forte xenofobia e racismo. Cada um com seus preconceitos.

11 06 2010
tatyseixas

Diego, entendo seu ponto de vista e tenho certeza que você está certo em relação à forma como as coisas acontecem no Brasil. Mas só porque é assim, não quer dizer que temos que cruzar os braços e dizer: ‘C’est la vie’…

Temos de ser críticos sim com nossa sociedade. Cada país possui seus pré e preconceitos, mas como sou brasileira, cabe a mim reparar no meu país, ser crítica e pensar que as coisas são piores aqui sim. Afinal de contas, pra mim , os problemas do Brasil são os mais importantes do mundo todo, como meus problemas são maiores que de outras pessoas, simplesmente porque são MEUS.

Sei que as coisas já melhoraram um pouco e rola aquela papo batido desde o BBB, que as novas gerações são muito mais abertas para os ditos ‘coloridos’ (aliás, que nome escroto!).

Mas, sinto lhe informar que as coisas estão longes de serem consideradas boas, quiçá ideais. Enquanto 51% dos brasileiros forem contra a adoção de criaças por casais homossexuais e padrecos cato-ignorantes continuarem a afirmar absurdos em relação a homossexualidade, sem serem processados por preconceito, eu vou continuar reclamando e batendo na minha nação pseudo tolerante.

Acha que exagerei nas informações acima? Dá uma olhada nos links abaixo:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/745396-maioria-e-contra-adocao-por-casal-gay-no-brasil.shtml

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Cardeal-Bertone-liga-pedofilia-a-homossexualidade.rtp&headline=20&visual=9&article=335738&tm=7

Enfim, adorei seu comentário, aliás, cada vez mais gosto dos debates que rolam nesse blog. Viva a blogosfera e sua diversidade de opiniões, crenças e credos!

25 07 2011
Andre

Mas tem cenas de sexo nas novelas da globo, só não pode cenas de sexo gay, nem mesmo um simples beijo sem trepação não pode. mas os casais heteros na novela podem cometer adulterio e fazer sexo de maneira escancarada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: