Coluna ‘Enfim, sós’ – Mas o que a Tati faz mesmo?

1 04 2010

Bom, algum dia eu tinha que aparecer, né não? Fiquei tão inspirada com os dois últimos posts do meu amiguinho de destilaria, que resolvi dar as caras aqui também.

Dessa vez, eu vou falar de um assunto que tem sido foco da minha vida nos últimos dois anos: meu trabalho. O mais engraçado disso é que a maioria das pessoas da minha família e amigos não fazem ideia do que eu faço da vida.

Veja minha avó, por exemplo, ela vai saber falar direitinho sobre a profissão de todos os outros netos: um está se formando em medicina, dois em engenharia, a outra neta será advogada, mas e a Tati, o que ela faz mesmo?

Pois é… eu sou praticamente o Chandler da minha família, ninguém consegue lembrar o que faço da vida. No começo, eu achava uma injustiça, que as pessoas só valorizavam as profissões clássicas, os famosos anéis de doutores.

Depois, com um tempo, eu me dei conta que a culpa é nossa. Nós, profissionais de comunicação, somos especialistas em vender produtos, serviços e promover marcas, mas as pessoas pouco conhecem sobre nosso trabalho. Não sabem o que é a vida em uma agência de comunicação, não entendem o que é marketing, não sabem que publicitário não é apenas o cara que faz comercial na TV… Se entrarmos no quesito Mídias digitais, então, o povo já fica logo com aquela cara de ‘whathefuck?’, que dá até preguiça de explicar.

Enfim, não dá pra esperar que minha mãe entenda ‘o que eu tanto faço, que vivo em reunião’, ou então que meus amigos compreendam que não é por vontade minha que não escrevo, telefono, mando SMS, mensagem de voz, sinal de fumaça, ou que meu marido não ache que seja fácil pedir uma folga, já que virei 3 noites seguidas, trabalhei o carnaval inteiro, finais de semana e afins.

Ninguém entende nada disso porque, quando as pessoas pensam em publicitário, a imagem que elas têm é daquele cara que ganha 20 mil por mês pra trabalhar da praia, ficar pensando em bobagem, ter idéias brilhantes para marcas multimilionárias e que vive ganhando prêmios, como um popstar. Eu bem que queria ser esse cara, aliás, todos que escolhem essa profissão na hora do vestibular também sonham com esse emprego… O problema é que ele não existe e, se existir, é para poucos 1% , estes, sustentados pelos outros 99% que seguram a onda e colocam a mão na massa

Só quem trabalha com comunicação e, em especial numa agência, sabe o que a gente passa no dia a dia, compreende as durezas dos prazos absurdos, o caos das concorrências e licitações, os clientes enlouquecidos e enlouquecedores, o frio na espinha quando chegam os pedidos de alterações e todos aqueles momentos dolorosos do ‘se fode ai’.

Mas também só a gente consegue entender a delícia do ambiente em que trabalhamos, onde é normal chegar de havaianas (quando não tem visita de cliente, é claro), onde podemos fazer aquela reunião de brainstom num barzinho, levantar da cadeira e dançar funk pra descontrair e compartilhar aquela sensação de dever cumprido quando recebemos um ‘tapinha’ nas costas e ouvimos aquele grito ‘fechamos a conta!”.

Pra resumir, é um trabalho de corno, mas eu amo muito tudo isso:

 

Anúncios

Ações

Information

6 responses

1 04 2010
Leonardo

\o/\o/\o/\o/\o/
A Tati Voltou! Mas que diabos você anda fazendo que desaparece desse jeito, hein? hein? hein? Hehehe, calma, calma, eu li o post sim. ^^
E olha, mesmo que ninguém saiba o que o Chandler faz, ele continua sendo o mais legal de todos.
Beijo!

1 04 2010
tatyseixas

É miguinho… agora vocês sabem! Tava morrendo de saudades desse blog e ainda estou com muitas saudades suas!

Mas, sou brasileira e não desisto nunca, por isso, ainda acredito que vou conseguir manter meus compromissos online. De qq maneira, minha mãe já me explicou: ‘eu é que não sei organizar meu tempo direito’… Até concordo, de meia noite até 6 da manhã eu não faço nada mesmo…. =P

Beijos venenosos!!!

1 04 2010
barbara bono

Me vi em tudo que vc escreveu!! Que bom que nossos papos de almoço renderam esse post inspirador rs. Acho até que deveria ser enviado para todas a Universidades que possuem graduação em Comunicação. Aí a gente vira e fala: não diz que eu não avisei! rs

Parabéns!

Bjs

1 04 2010
Carolzinha

Adooooooro! Explicou mto bem!! hehehe.. E com certeza a descontração do ambiente e a simplicidade das pessoas da nossa área continuam me apaixonando e fazendo com que eu não largue esta porra toda e vá ser funcionária pública..

Beijus e saudaaaaaades!

1 04 2010
Nick Ellis

Perfeito, Tati! E só quem trabalha em agência sabe como é…

Eu realmente não me lembro o que o Chandler faz, mas ele também sempre foi meu personagem favorito de Friends.

2 04 2010
Amanda

Opa, tem alguma coisa errada! Ninguém sabia o que o Chandler fazia, mas depois que ele largou tudo e recomeçou do zero na publicidade, todo mundo passou a saber em que ele trabalhava. Eu sei no que você trabalha, so não sei onde você trabalha! Uma hora ta aqui, outra la, acho que ja me perdi! Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: