Ser ou não ser romântico?

16 11 2009

homem_floresÉ tudo pelo sexo! Não importa o que você pense ou fale, nenhum argumento será capaz de mudar a realidade: no final das contas, só o que importa é o sexo. Então, já que é assim, pra quê perder tempo com a troca de olhares, a cantada, a conversa, a sedução e toda aquela formalidade que normalmente cumprimos antes do “acasalamento”? A resposta deve ser bastante simples: faz parte da nossa natureza, todos os animais têm seus rituais de cópula. Sendo assim, por que seria diferente com os humanos? Outra resposta simples: porque somos evoluídos, racionais e vivemos em um mundo onde ninguém tem tempo a perder.

Entretanto, por mais racional que o “ir direto ao que interessa” possa parecer, as coisas nem sempre acontecem assim e, quando acontecem, costumam deixar aquela sensação de que faltou alguma coisa. Acho que isso deve ser cultural. É nisso que dá passar a infância e a pré-adolescência vendo filmes onde só o amor conquista tudo. E, (in)felizmente, uma vez contaminado com essa idéia, você terá que aprender a conviver com ela.

Por evitar contatos sexuais imediatos, eu acabo sempre me envolvendo com românticos (e românticas) incorrigíveis. Mas, por mais encantador, bonito e digno de cenas de filme que nossos encontros possam ser, depois de algumas semanas o negócio começa a incomodar. Mel demais, sentimentalismo demais, felicidade demais… Planos de um futuro maravilhoso que aponta no horizonte justamente na hora em que o pôr-do-sol se mostra, como você nunca viu, em lindas nuances de lilás e violeta.  Pra piorar você descobre que é a causa da felicidade da outra pessoa. Como se você fosse uma espécie de herói medieval com capa e espada (!) montado em um cavalo com armadura, pronto para salvar a outra pessoa de tudo o que há de ruim no mundo. Pior que isso? Só mesmo quando você recebe flores… Aí o negócio já era! Ok mulheres, eu sei que vocês adoram receber flores, principalmente quando vocês estão junto com as amigas e aquele buquê de rosas vermelhas cintilantes chega de surpresa, mas poucas coisas nesse mundo me são mais broxantes desanimadoras do que receber flores… É gay demais! Homem não pode dar flor pra homem! Tem que dar ingressos pro GP de Interlagos! Pra não dizer que só homens aprontaram essa comigo… Teve uma guria também. Ela foi mais esperta, mandou chocolate junto. Eu, que ainda nem tinha ficado com ela, dei um jeito de programar algo a dois no final de semana que se seguiu. [Sim gurias, atitude funciona, mas não com todos (alguns semi-neandertais não gostam de mulher tomando atitude)]. O problema é que eu já era o herói dela mesmo antes de descer do cavalo.

Depois das flores (ou do pôr-do-sol bonito), quando faz bastante tempo que você está saindo com a pessoa, mas faz pouco tempo que tem relações sexuais com ela, como fazer pra dizer que você não está gostando da relação sem parecer que você fez tudo somente pelo sexo? Dependendo do seu poder de persuasão você até pode conseguir, mas, apesar de todas as suas boas intenções, no final, não importa o que você fale ou pense, mesmo que apenas inconscientemente, tudo foi pelo sexo!

Anúncios

Ações

Information

10 responses

16 11 2009
Rosa

Necessitamos sexo, em demandas diferentes, mas é o mais natural que possa existir, pode ser arma de manipulação, pode ser prova de amor; a fantasia que melhor convir. Um bom romance pode começar ou terminar na cama, ou no mato, ou na praia, o lugar pode até variar ou não; se isso não rola legal, já era…Existem muitas maniras de sexo mas se as pessoas não combinam as suas maneiras não tem como ficar juntos.
Grande Abraço

16 11 2009
Amanda

Para os solteiros é pelo sexo, mas uma vez que decidimos juntar as escovas de dentes e assumir uma relaçao duradoura, outras coisas vao tomando importancia também. Pode ser que o por-do-sol fique menos colorido, mas é tao gostoso saber que vamos passar nossos dias chuvosos com alguém em que podemos confiar ao lado!

Quanto às flores, nao é todo mundo que gosta nao viu? Eu detesto e a maioria das mulheres que conheço tbm acha que é perda de dinheiro! Concordo com vc, vamos fazer uma campanha pelo chocolate! Beijo!!

16 11 2009
tatyseixas

Concordo com a Mandita. Quando se tem amor e companheirismo na equação, o sexo conta uns 65%. Pela percentagem você há de convir que sexo é ainda muito importante, mas não é o único fator do relacionamento… Até porque tem dias que vc simplesmente não quer saber dele.

Qto às flores, eu vou confessar que fico em cima do muro. Fico super feliz qdo meu Ogrinho me dá esse presente, mas dá um peninha de vê-las morrer. No final das contas, to na torcida de presentes que não morram, tipo roupas, sapatos, bolsas e eletrônicos mil. E, se der muita sorte, quem sabe uma joiazinha???

Até porque, chocolate engorda e ‘diamonds are a girl’s best friend’!!!

28 08 2013
Tiago Santos

Mas Agora tem o chocalate Light kkkkkkkkkkkkkkkk

19 11 2009
luci

ai, romantismo eh sinonimo de breguice. forever. essa de jantar a luz de velas: blergh! petalas de rosas pela cama: hahahaha flores na porta? tttsss… “fazer amor”. tem expressao mais nojenta que essa? nunca. quando conheci meu namorado (nao sei se voce ja meu no meu blog que ele eh frances) ele me disse “tou doido pra fazer amor contigo” eu caguei de rir na cara dele e disse “trepar, trepar!” nao, nao ha desculpa: eu nao poderia ficar com um cara que fala “fazer amor”. hoje ele usa o vocabulario apropriado.

20 11 2009
Alice

Romantismo é legal, mas tem quem não goste. O amor é necessário, e todo mundo precisa de um pouco em algum momento.
Buquê de rosas vermelhas? Ah, por favor… Niguém merece! Se é pra dar flores, que sejam pelo menos tulipas!
Não necessariamente é tudo pelo sexo, mas no final dá em sexo! E que mal tem?
Sexo pode ser realmente um fator muito importante para um relacionamento, mas quando existe amor, ou pelo menos intimidade, companheirismo e entendimento, as coisas fluem melhor…

24 11 2009
Leonardo

Wow! Gurias, vocês devem ser a expressão máxima do perfil da mulher moderna! Preciso me atualizar, eu achava que só homens gostavam de ganhar eletrônicos. E percebi que o sexo assumiu uma grande importância pra vocês. Ok, provavelmente ele sempre teve toda essa importância, mas no passado vocês não podiam falar… De toda maneira vou continuar procurando alguém “pra casar”, essa história de companheirismo e entendimento parece fazer o sexo ficar mais interessante.
Abraços!

25 11 2009
Edson

São conceitos tão diferentes de romantismo, que acho inaceitável classifica-lo, pura e simplesmente, como brega. Acho breguismo algumas coisas classificadas antigamente, como romantismo. Ex: abrir porta do carro, jantar a luz de velas, buque de flores e bla bla bla.
PORRA, assim como tudo na vida, o romantismo evoluiu, ele mudou, ele se adaptou ao nosso tempo. E sempre será assim.
Se antes, as surpresas eram as citadas acima, hj elas mudaram, são outras, estão mais modernas, algumas até envolvem tecnologia. E pra mim, isso é romantismo, é o simples fato de quebrar a rotina, de surpreender. Acho o máximo, sempre fiz p/ amigos, parentes ou namoradas e sempre vou fazer. A grande maioria ainda gosta.
Com relação a fazer amor? Nunca achei q isso fazia parte de romantismo, conheço pessoas q não são nem um pouco romanticas e só sabem “fazer amor”, sinceramente, sinto mto por elas. Alias, nunca entendi mto bem esse lance de “fazer amor”, mas não vou discutir sobre isso, deixa pra la. Fazer amor ou trepar, vai de cada um, mas como dito no outro post, é tudo pelo sexo!
saudações rubro-negras!

26 11 2009
Leonardo

Realmente você tem razão ao dizer que o romantismo evoluiu. E, se quebrar a rotina com uma surpresa é considerado romantismo, então, meu desejo é que o romantismo continue por muito tempo! Mas adaptado ao nosso tempo e sem as flores! Pq como já disse Dalton Trevisan: “Macho não ganha flor!”
Saudações Corinthianas!

6 12 2011
don juan

vc disse q já foram romanticos e romanticas cm vc??????????
hummm essa coca eh fanta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: