Ser ou não ser a diferença?

24 06 2009

mudancaSemana passada eu estava realmente irritado com o mundo (com a sociedade brasileira, pra ser mais exato) e então resolvi refletir sobre a situação e sobre minhas atitudes para melhorá-la. Afinal, não existe nada de errado em não estar satisfeito com uma situação, só não podemos deixar de nos perguntar o que estamos fazendo para mudá-la. 

 Meu balanço:

 – Não gosto de gente burra: Tô me instruindo! E incentivo os que estão perto a fazerem o mesmo!

– Não gosto de assassinatos na parada gay: Não participo e incentivo a não participarem.

– Não gosto de políticos corruptos: Não voto neles. (Em quem eu voto? Use sua imaginação…)

– Não gosto do Super Pop: Assisto a TV Escola (aproveito e me instruo).

– Não gosto de teorias sobre o fim do mundo: Sou agnóstico.

– Não gosto da cultura machista: Incentivo a Tati a não passar as camisas sociais do marido.

– Não gosto de gente que joga lixo no chão: Não jogo lixo no chão. E incentivo quem está perto a fazer o mesmo.

– Não gosto do preconceito contra gays: Finjo que sou heterossexual.

 Como dá trabalho mudar o mundo!

E você, o quê está fazendo para me ajudar?

– Não gosto de pessoas que não me ajudam a mudar o mundo!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: